Sobre As RUNAS

 

Mais um método milenário de adivinhação do futuro, através da escrita nas pedras. Remonta à Antiguidade, ao tempo dos Vikings, povo guerreiro.

Trata-se de um alfabeto inscrito nas pedras e cada carácter simboliza energias, forças e vibrações divinatórias. Este oráculo, as Runas estendeu-se a todo o norte da Europa “países nórdicos”. Este povo deixou-nos uma grande quantidade de lendas, uma delas, talvez a inspiradora deste oráculo, conta que um Deus, de nome Odin, se auto-sacrificou pendurando-se na “Árvore da vida”durante nove dias e nove noites, não comeu nem bebeu, e fustigado pelo vento dançou e sofreu física e espiritualmente a intensidade da dor.

O sofrimento é exactamente o recurso à purificação e à sua análise mediunica. Desta forma de cabeça dependurada de olhos para baixo encontra as pedras, era a matéria distribuída no espaço visível.

Eram as Runas. Pegou-lhes, tocou-lhes e sentiu-se melhor agarrou-as e descobriu que elas lhe transmitiam bem estar. Sentiu uma energia poderosa. Uma energia diferente, desconhecida.

A sua intuição de homem crente permitiu-lhe a interpretação de cada pedra, de cada Runa. E momento após momento nasceu um Oráculo. Este processo de adivinhação é constituído por vinte e quatro letras correspondentes a vinte e quatro pedras mais uma sem inscrição representando força e determinação. Cada Runa está protegida por uma entidade mística nórdica simbolizando uma energia.

O lançamento destas pedras “ajuda” a fazer a leitura de mensagens que poderão orientar a sua vida. Conheça as Runas. Oiça a sua leitura reportando-se aos primórdios da era de Cristo.

 

Marcar Consulta